quinta-feira, 31 de outubro de 2013

SuperVia revitaliza ramais e estações

31/10/2013 - Revista Ferroviária

A SuperVia, operadora de trens de passageiros do Rio de Janeiro, está fazendo melhorias nos ramais Vila Inhomirim e Guapimirim. Entre os serviços prestados estão recuperação de trilhos, reformas de locomotivas e carros de passageiros, além da revitalização da via férrea e de passagens em nível destes e outros ramais.

Em maio deste ano, foram concluídas as obras da estação Vila Inhomirim, que recebeu nova comunicação visual, piso tátil, cobertura e catracas. Cerca de R$ 20 milhões ainda serão aplicados em melhorias nos trechos Saracuruna -Vila Inhomirim e Saracuruna-Guapimirim. 
 
A partir de segunda-feira (04/11) será iniciada a cobrança de passagem nas estações Vila Inhomirim, Fragoso e na integração para os trens elétricos na estação Saracuruna. Para quem usa o trem no trecho entre Morabi e Vila Inhomirim, a tarifa promocional é de R$ 2,00. O valor continua sendo de R$ 2,90 para quem for até Saracuruna ou desejar seguir viagem nos trens para a Central do Brasil. A mudança está sendo informada aos passageiros por meio de cartazes e áudios das estações.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Flagrante feito por passageiros pode virar multa para a SuperVia

01/10/13 - Extra

Foto: Foto do leitor Bruno Gomes

Geraldo Ribeiro

O Ministério Público lançou nesta segunda-feira um novo canal para incentivar a população a denunciar problemas no transporte público, através do envio de fotos e vídeos com flagrantes das falhas, como trem em movimento com a porta aberta. Um dos objetivos é acelerar as punições. No mesmo dia, agentes do Procon-RJ foram barrados duas vezes, por seguranças da SuperVia, ao tentar fazer uma vistoria de rotina na estação de São Cristóvão. O caso foi parar na polícia.

— Já viajei em trem com a porta aberta. É um perigo para o usuário — afirmou o passageiro Renato Ferreira, que trabalha como hoteleiro em São Cristóvão.


O passageiro Renato Ferreira Foto: Nina Lima
A promotora Christiane Cavassa explicou que a campanha "Fiscal Cidadão", do MP, pretende usar os flagrantes registrados pelos passageiros para comprovar descumprimento de decisões judiciais. A Justiça já definiu multa de R$ 20 por trens que circulem de portas abertas, por exemplo.

Segundo a promotora, já tramita um pedido de aplicação de multa contra a concessionária, no valor de R$ 160 mil, por desobediência recorrente a essa decisão.

— A ideia é que as pessoas usem o celular para fotografar e filmar as irregularidades. As imagens ajudarão a cobrar o respeito às decisões judiciais — disse a promotora, acrescentando que as denúncias podem gerar novas multas, por reincidência.


A promotora Christiane Cavassa Foto: Nina Lima
O fotógrafo e auxiliar de produção David Rodrigues, de 22 anos, que já utiliza o grupo "Amigos do Trem" no WhatsApp do EXTRA (21 9644-1263) e as redes sociais para denunciar problemas com as composições da SuperVia, acredita que, com a iniciativa do MP, ficará mais fácil cobrar soluções.

— Já fazíamos os registros e encaminhávamos para a SuperVia. Nem sempre resolvia. Agora é enviar para o MP.

Barrados duas vezes

Os fiscais do Procon foram barrados pela primeira vez na estação de São Cristóvão, no começo da manhã. O grupo esperou cerca de uma hora e só entrou com a ajuda de PMs. Mais tarde, com a chegada do diretor de fiscalização do órgão, Fábio Domingos, tentaram entrar mais uma vez e foram barrados de novo. Domingos acionou a PM novamente e decidiu registrar o caso na 17ª DP (São Cristóvão).

— Fizemos o registro para que isso não vire uma rotina — justificou o diretor de fiscalização.


Fábio Domingos, do Procon Foto: Nina Lima / Agência O Globo
A assessoria de imprensa da Polícia Civil informou que os funcionários que impediram a entrada dos fiscais foram autuados por desobediência e responderão em liberdade. O caso foi encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).

Nas estações de Cascadura e Caxias, fiscais encontraram elevador para deficientes inoperante.

Como participar

O primeiro passo é entrar no site consumidorvencedor.mp.rj.gov.br e escolher a decisão judicial que está sendo desobedecida. Depois, preencha o formulário e anexe as imagens. Você receberá um protocolo para acompanhar. Tanto vídeos quanto fotografias devem ter até 10MB.


Em nota, a SuperVia informou que "o episódio ocorrido na manhã de ontem (30/9), a SuperVia reitera que adota como procedimento padrão a autorização da entrada de agentes de fiscalização previamente cadastrados em todas as suas estações. Na manhã de ontem, novos agentes realizavam a operação e, para garantir que fosse seguido o processo de segurança, foi necessário solicitar permissão para liberação da entrada dos novos profissionais que faziam a operação. É importante reforçar que em nenhum momento agentes de segurança inibiram a fiscalização do Procon-RJ e que apenas foi necessário um tempo de espera para que os fiscais ingressassem gratuitamente na estação. Durante as demais etapas da Operação Via Crucis, realizadas nos ramais Saracuruna e Santa Cruz, nenhum problema foi enfrentado para que as atividades dos profissionais do Procon-RJ fossem realizadas. Além disso, todas as manhãs funcionários da Agetransp realizam vistorias nos trens da concessionária, sem nunca ter havido qualquer tipo de resistência por parte da empresa.
Ontem (30/09), o elevador para cadeirantes da estação Cascadura precisou ficar desligado por duas horas, após um pico de energia na estação. Durante a tarde, o equipamento já estava funcionando normalmente. Nestes casos, a SuperVia adota como procedimento padrão as regras de acessibilidade assistida, nas quais todos os funcionários das estações são treinados e capacitados para auxiliar pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção, e investe frequentemente na capacitação destes profissionais. Devido à origem histórica de mais de 150 anos de transporte ferroviário, nem todas as 102 estações contam com banheiros. A SuperVia irá reformá-las, em um investimento total de R$ 150 milhões, para que todas contem, além de banheiros, com itens de acessibilidade como, por exemplo, bilheterias adaptadas, elevadores, piso tátil, banheiros adaptados e rampas de acesso. Nesse programa, sete estações foram reformadas (Piedade, Quintino, Cascadura, Fragoso, Vila Inhomirim, Manguinhos e Bonsucesso).

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Supervia quer isolar linhas com dinheiro do PAC

24/10/2013 - R7

 A SuperVia, concessionária que administra o sistema ferroviário do Rio de Janeiro, quer realizar obras para cercar toda linha férrea com verba do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) a fim de evitar acidentes e atropelamentos. Seus administradores entregaram um projeto à Presidência da República para que esta analise a possibilidade de arcar com as despesas. 

O interesse surgiu após liberação de R$ 2,5 bilhões para a construção da linha 3 do metrô na região metropolitana do Rio, entre São Gonçalo e Niterói. Os recursos, anunciados pela presidente Dilma Rousseff, integram o PAC.

A SuperVia quer que as obras para segregação das vias também entrem no projeto, já que seria necessária a construção de viadutos. Isso porque, em muitos trechos da rede, há cruzamentos entre rodovias/ruas e a linha férrea. Para a concessionária, a medida ajudaria a evitar acidentes e a aumentar a velocidade dos trens.

A concessionária também informou que, até a Copa de 2014, pretende reformar a estação Maracanã. Recentemente, as estações de Piedade, Quintino e Cascadura passaram por obras que as adequaram aos padrões internacionais de acessibilidade. O objetivo da SuperVia é reformar todas as estações até 2020.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Supervia terá mais 22 novos trens em operação no Rio de Janeiro

21/10/2013 - Diário Democrático

Ao todo, serão 142 novos trens adquiridos desde 2007.

Depois da aquisição de 90 novos trens para a modernização da frota da SuperVia, a Secretaria de Transportes irá encomendar mais 22 novas unidades para operar nosramais ferroviários do Grande Rio.

As composições serão financiadas com recursos do empréstimo de US$ 600 milhões, captado junto ao Banco Mundial, em 2012, para a compra de 60 trens. Das 22 novas composições, dez serão aditivadas ao contrato vigente e 12 serão licitadas.

Os trens serão equipados com ar-condicionado, bagageiros, televisões de LED e sistema de comunicação direta com o Centro de Controle Operacional, com interiores mais amplos e confortáveis e trânsito livre entre carros, seguindo o mesmo padrão dos 30 trens chineses já operados pela SuperVia.

Os próximos 60 trens chineses – adquiridos por meio do contrato vigente pelo menor preço já praticado no mercado mundial – começarão a chegar em abril de 2014. Juntas, as composições representarão uma ampliação de 576 mil lugares diariamente.

– Ao todo, serão 142 novos trens adquiridos desde 2007. Além de investimentos em composições modernas, o sistema ferroviário está passando por uma ampla revitalização entre reformas de estações e equipamentos operacionais de ponta. Os resultados destes investimentos já podem ser comprovados através dos números do Plano Diretor de Transporte Urbano da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (PDTU), que revelam um aumento de 87% na utilização de transporte sobre trilhos nos últimos oito anos – disse o secretário de Transportes, Julio Lopes.

Foto: Henrique Freire

Fonte: Diário Democratico

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

sábado, 19 de outubro de 2013

Supervia terá mais 22 novos trens

18/10/2013 - Agência Rio

Dez composições serão adicionadas ao contrato com o Banco Mundial e outros 12 unidades serão licitadas

Depois da aquisição de 90 novos trens para a modernização da frota da SuperVia, a Secretaria de Transportes irá encomendar mais 22 novas unidades para operar nos ramais ferroviários do Grande Rio. As composições serão financiadas com recursos do empréstimo de US$ 600 milhões, captado junto ao Banco Mundial, em 2012, para a compra de 60 trens. Das 22 novas composições, dez serão aditivadas ao contrato vigente e 12 serão licitadas.

Os trens serão equipados com ar-condicionado, bagageiros, televisões de LED e sistema de comunicação direta com o Centro de Controle Operacional, com interiores mais amplos e confortáveis e trânsito livre entre carros, seguindo o mesmo padrão dos 30 trens chineses já operados pela SuperVia.

Os próximos 60 trens chineses – adquiridos por meio do contrato vigente pelo menor preço já praticado no mercado mundial – começarão a chegar em abril de 2014. Juntas, as composições representarão uma ampliação de 576 mil lugares diariamente.

– Ao todo, serão 142 novos trens adquiridos desde 2007. Além de investimentos em composições modernas, o sistema ferroviário está passando por uma ampla revitalização entre reformas de estações e equipamentos operacionais de ponta. Os resultados destes investimentos já podem ser comprovados através dos números do Plano Diretor de Transporte Urbano da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (PDTU), que revelam um aumento de 87% na utilização de transporte sobre trilhos nos últimos oito anos – disse o secretário de Transportes, Julio Lopes.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

SuperVia inicia viagens expressas para Belford Roxo

15/10/2013 - Revista Ferroviária

A SuperVia, operadora de trens da cidade do Rio de Janeiro, iniciou nesta segunda-feira (14/10) a fase de testes do trem expresso Belford Roxo. Duas composições farão no período da manhã, às 6h30 e às 7h, o trajeto Belford Roxo - Central do Brasil. E à noite, nos horários de 18h15 e 18h50, outros dois trens realizarão o percurso inverso.

As composições só farão paradas em nove das 18 estações do ramal: São Cristóvão, Triagem, Del Castilho, Mercadão de Madureira, Pavuna/São João de Meriti, Agostinho Porto e Coelho da Rocha. Segundo a SuperVia, ao reduzir o número de paradas, o trajeto de 33 km, que antes levava, em média, 53 minutos para ser percorrido, será feito em 45 minutos.

A operadora disponibiliza também outros dois trens diretos, que partem da Central do Brasil, para Japeri e para Gramacho, nos horários de maior movimento destes ramais.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Novas viagens expressas no ramal Belford Roxo

07/10/2013 - Supervia

Você pediu e nós atendemos. Além dos ramais Japeri e Saracuruna, agora o ramal Belford Roxo também contará com trens expressos.

A partir do dia 14 de outubro, faremos teste para melhorar o fluxo de passageiros e dar mais comodidade a você. Serão quatro trens que só farão paradas nas estações Central, São Cristóvão, Triagem, Del Castilho, Mercadão de Madureira, Pavuna/São João de Meriti, Agostinho Porto, Coelho da Rocha e Belford Roxo.

Nos dias úteis pela manhã, os trens partirão de Belford Roxo com destino à Central às 6h33 e 7h. Na volta para casa, os trens expressos saem da Central com destino a Belford Roxo às 18h15 e 18h50.

Nos intervalos mencionados, nas estações em que o trem não faz parada o tempo de espera entre trens será de 30min.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Campanha incentiva população do Rio a denunciar irregularidades no transporte público

01/10/2013 - Agência Brasil

Desde o último dia 30, a população fluminense poderá enviar fotos e vídeos com denúncias de irregularidades nos transportes públicos ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da campanha "Fiscal Cidadão", lançada na página do órgão.
Quem quiser participar da campanha, pode entrar no site do Ministério Público e clicar no link Consumidor Vencedor. É preciso preencher um formulário e carregar arquivos com até 10 megabytes (MB), relatando o descumprimento de decisões judiciais em qualquer esfera. As denúncias enviadas pela internet serão encaminhadas para o promotor de Justiça que atua naquele caso.
Para a promotora Christiane Cavassa Freire, responsável pelo programa, o canal tem como objetivo diminuir a distância entre o órgão e o cidadão. "Queremos que o consumidor conheça as decisões já obtidas pelo consumidor vencedor e participe da fiscalização. Ninguém melhor do que o usuário do serviço para saber se a decisão está sendo aplicada. As fotos e as imagens, judicialmente, são fundamentais para que o Ministério Público possa comprovar em juízo o descumprimento das decisões e aplicar multas", explicou.
No mês de outubro, a campanha será dedicada aos transportes públicos. A cada semana, um meio de transporte passará por avaliações abertas ao público. Nos próximos dias, é a vez dos trens.
Para denunciar problemas nos serviços ferroviários, o Ministério Público listou quatro opções de irregularidades comuns no setor: portas abertas, falta de manutenção, problemas de ventilação e recusa na devolução do dinheiro da passagem. Após escolher o tipo de irregularidade a ser relatada, o usuário deve clicar no botão vermelho, preencher um formulário e carregar os arquivos que comprovem a denúncia.
Além de acompanhar as vitórias obtidas pelo MP na defesa coletiva, na página Consumidor Vencedor também é possível denunciar o descumprimento de decisões judiciais que ocorrem em outros setores, como educação, alimentação e comércio, entre outros. A partir da próxima semana, o assunto abordado será a situação dos ônibus no estado. Segundo o MP, ainda não há uma temática definida para próximo mês.

Fonte: Agência Brasil

domingo, 6 de outubro de 2013

Estado adianta para abril de 2014 entrega de novos trens

18/09/2013 - Secretaria de Transportes

Até setembro de 2014, 14 das 60 nova composições já terão chegado ao Rio de Janeiro

Os novos 60 trens chineses comprados pelo Governo do Estado para operar na SuperVia vão chegar mais cedo. A partir do próximo mês de abril a Secretaria Estadual de Transportes começa a entregar as primeiras composições, que, juntas, vão poder ampliar em a oferta diária em mais 576 mil de lugares para os passageiros da ferrovia. A negociação foi conduzida pela Companhia Central Logística, que conseguiu antecipar em cinco meses a entrega dos trens sem gerar custos adicionais para o Estado.
 
A antecipação corresponde a todo o lote de 60 trens com ar condicionado. Em setembro de 2014, mês em que seriam entregues os primeiros três trens, já deverão ter desembarcado no Rio 14 composições.
 
Os trens seguirão o mesmo padrão dos outros 30 trens comprados e entregues pelo Governo do Estado. De última geração, os trens serão equipados com ar condicionado, sistema de comunicação direta com o Centro de Controle Operacional, interiores mais amplos e confortáveis, com bagageiros, Tvs de led e trânsito livre entre carros. Os 30 trens já em operação representam um aumento de oferta de novas 288 mil viagens por dia na SuperVia.

Concedida a licença de obras para o início das obras de modernização da Estação Central do Brasil

02/09/2013 - Raf Arquitetura

A expectativa é entregar o novo saguão de embarque já para a copa do mundo

Obra de 10 mil m² onde será utilizada a inédita, no BRASIL, cobertura no sistema monocapa.